Venda de carros rápida, cómoda e segura.

Não é mito que a venda de automóveis de segunda mão está impregnada de burocracias e esperas. Por isso, é importante cumprir devidamente com todos os procedimentos se queremos que este processo se desenvolva com normalidade, sem surpresas desagradáveis ou práticas fraudulentas.

Sabe quais são as burocracias, assim como a documentação de que necessita para vender o seu veículo? Estar a par destes passos pode ajudá-lo a poupar tempo e a evitar sistemáticas idas ao IMT.

No entanto, depara-se com uma questão: “a quem posso vender o meu automóvel?”. Só pode tirar proveito da venda se escolher o comprador mais adequado para o seu veículo. Hoje em dia, pode contar com a ajuda de websites como compramososeucarro.pt, o qual é a garantia de que vai vender a sua viatura por um preço justo e com a maior segurança possível.

Avaliar
Faça uma marcação

Avaliação online
do seu carro

Inspeção profissional
sem compromisso

Venda se assim desejar

1. Tudo o que não pode esquecer na venda de carros

venda de carros usados

A compra e venda de carros usados implica, muitas vezes, burocracias desmesuradas. Como tal, convém que se adapte a todas as normas que regem o mercado e, assim, que cumpra com os trâmites necessários. Estes podem parecer maçadores e, até, um entrave à venda descomplicada do seu automóvel usado. No entanto, respeitá-los é meio caminho andado para que a sua transação seja um sucesso.

Quais são os passos necessários para a venda de veículos e de que documentos preciso para levá-la a cabo com êxito?

  • Documentação do veículo em dia;
  • Comprovativo do pagamento do Imposto Único de Circulação (IUC);
  • Ficha da última inspeção técnica. Na verdade, pode vender um carro que não tenha passado nesta inspeção, mas isto ficará registado no documento único do seu automóvel, fazendo com que o seu novo proprietário não o possa conduzir;
  • Contrato de compra e venda do veículo: com os dados e as assinaturas das partes envolvidas. Especifique com o maior detalhe possível todas as condições e caraterísticas da transação (preço acordado, prazos, formas de pagamento, etc.), por forma a proteger-se de mal-entendidos;
  • Certificado de alteração do título de registo de titularidade: para o IMT, este é o documento em que consta que já não é o proprietário do veículo e, por conseguinte, deixa de ser responsável por eventuais problemas causados pela condução do automóvel que já não lhe pertence.

A venda de carros em segunda mão pode acarretar trabalho e esforço em exagero. Conhecer os documentos que necessita e ter uma visão geral do mercado e dos agentes que nele participam pode ser-lhe uma grande ajuda para tirar o maior partido do seu automóvel.

2. Escolha o comprador disposto a pagar-lhe mais

Antes de preocupar-se com os documentos de que precisa, existe uma decisão muito importante a tomar, a qual pode implicar uma mudança significativa tanto no benefício que pode obter como nas burocracias que tem de atravessar para concretizar a venda: a quem quer vender o seu carro?

O mercado de compra e venda de veículos de segunda mão está em crescimento e cada vez mais são os agentes interessados no seu carro. O estado e as características do seu automóvel ditarão a via pela qual se interessará mais.

  • Particulares: quando falamos da venda de carros em segunda mão, normalmente tendemos a pensar que a negociação entre particulares é mais simples e justa do que com um profissional, pois as partes interessadas encontram-se ao mesmo nível, numa espécie de “igual para igual”. No entanto, esteja ciente de que a criação de um anúncio e a subsequente procura de um comprador fidedigno podem ser uma autêntica odisseia. Aliás, raras são as vezes em que um particular está na posição de oferecer-lhe a segurança e a garantia de um profissional. Quanto à papelada… você próprio terá de tratar dela.
  • Abates: tradicionalmente, este tem sido o único modelo de negócio interessado na compra de carros sinistrados. No entanto, hoje em dia, no mercado de ocasião existem algumas alternativas aos veículos que tenham sofrido um acidente: a compra e venda de peças pela internet; as páginas web que compram carros em qualquer estado, etc. Em todo o caso, se acaba por optar por um abate, informe-se previamente sobre os serviços e os preços que lhe oferecem. Se possível, faça por encontrar uma rede de opiniões de outros condutores que tenham utilizado este tipo de serviço.
  • Concessionários: na venda de carros usados, os concessionários são normalmente a primeira opção que vem à cabeça de muitos condutores. A vasta experiência deste tipo de profissionais pode ser-lhe um grande benefício. Além disso, muitos deles oferecem-lhe um serviço de cotação prévio à compra do seu automóvel. Certifique-se de que este não implica nenhum compromisso de compra da sua parte. Considere a compramososeucarro.pt, onde lhe oferecemos uma cotação on-line gratuita, a qual pode fazer a partir do conforto da sua casa.

3. Sabe quais são as vantagens de vender o seu carro à compramososeucarro.pt?

À medida que vender um carro na internet se torna cada vez mais seguro, a web torna-se, em si, uma plataforma cada vez mais aceite para a realização destas transações. Em compramososeucarro.pt, oferecemos-lhe um sistema rápido e simples com o qual poderá obter dinheiro pelo seu carro, sem comprometer a seriedade e a precisão com as quais este tipo de processo deve desenvolver-se.

Faça uma marcação justa e gratuita do seu veículo, tanto através da nossa ferramenta on-line como nas nossas instalações, e venda-o de imediato. É cómodo, simples e seguro. Além disso, encarregamo-nos das burocracias associadas, garantindo-lhe que não terá de pagar mais por isso.

Estamos interessados em qualquer tipo de carro de segunda mão: clássicos, antigos, todo-o-terreno, 4x4, furgões, desportivos, tuning, de rally, etc. De igual forma, estamos interessados em veículos avariados, sinistrados (desde que não “perda total”) ou até que já nem circulem.

Quer livrar-se do seu automóvel financiado? Faça-lhe já uma cotação no nosso website e fique a conhecer as suas alternativas.